Você sabia?

A língua de uma baleia azul adulta tem aproximadamente a mesma massa de um elefante inteiro.

Cada corpo humano consiste em cerca de 10 quatrilhões de células, mas hospeda cerca de 100 quatrilhões de células bacterianas.

Louis Pasteur ficou tão preocupado com os micróbios que passou a examinar com uma lente de aumento todos os pratos que lhe eram servidos.

Einstein só aprendeu a falar aos 3 anos de idade.

A doença conhecida mais antiga do mundo é a lepra, cujos primeiros registros datam de 1350 a.C.

A cidade mais antiga do Brasil é São Vicente, no litoral paulista.

As impressões digitais formam-se de 6 a 8 semanas antes de o bebê nascer e nunca são iguais.

Misofobia é o medo de sujeira, contaminação.

O cérebro de um adulto pesa, em média, 1,4 quilos, correspondente a 2% do peso do corpo. Mas exige 25% de todo oxigênio que usamos.

Em Cleópatra, 1963, Elizabeth Taylor usou 65 roupas diferentes.

Hoje, ontem, anteontem e trasanteontem.

O discurso de Greer Garson, a Melhor Atriz de 1942, foi o mais longo da história, passou de 1 hora.

Madame Marie Curie foi a primeira pessoa a ganhar dois prêmios Nobel. O primeiro foi ganho em física,1903 e o segundo em química,1911.

Anthony Hopkins, que recebeu o Oscar, não piscou nem uma vez nas suas cenas como Hannibal Lecter, o Cannibal no filme O Silêncio dos Inocentes,1991.

Coca-Cola seria verde se coloração não fosse adicionada ao refrigerante.

Uma pessoa perde em média 40 a 100 fios de cabelo por dia.

85% do cérebro humano é composto de água.

Os porcos não são fisicamente capazes de olhar para o céu.

Um estudo, que abrangeu cerca 200 mil avestruzes durante mais de 80 anos, não registou um único caso em que uma avestruz fosse vista a enfiar a cabeça na areia.

Você tem medo de quê?

1 de nov de 2013 16 comentários
Todo mundo tem medo de alguma coisa e isso é absolutamente normal, faz parte do instinto de sobrevivência e preservação. Porém, quando há um temor ou aversão exagerada ante situações, objetos, animais ou lugares, estamos falando de Fobias.

As fobias são aversão ou medo psiconeurótico a objetos ou situações
particulares. O número de fobias possíveis é quase infinito.

Sob o ponto de vista clínico, no âmbito da psicopatologia, as fobias fazem parte do espectro dos transtornos de ansiedade com a característica especial de só se manifestarem em situações particulares.
Os sintomas são: transpiração excessiva, taquicardia, náusea, vertigem, calafrios, dor no peito, sensação de falta de ar e formigamento.

Os três tipos básicos de fobias são: a agorafobia, a fobia social, as fobias específicas.
Abaixo você encontra uma lista das fobias mais comuns e algumas muito curiosas.

E você, tem medo de quê?

  • Abissofobia — medo de abismos, precipícios; 
  • Ablepsifobia — medo de ficar cego; 
  • Ablutofobia — medo de tomar banho; 
  • Acluofobia — medo ou horror exagerado à escuridão; 
  • Acrofobia — medo de altura; 
  • Aeroacrofobia — medo de lugar aberto e alto; 
  • Aerodromofobia — medo de viagens aéreas; 
  • Aerofobia — medo de ventos, engolir ar ou aspirar substâncias tóxicas; 
  • Afefobia — medo de ser tocado; 
  • Agorafobia — medo de lugares abertos, de estar na multidão, lugares públicos ou deixar lugar seguro; Agirofobia — medo de ruas ou cruzamento de ruas; 
  • Amatofobia — medo de poeiras; 
  • Ambulofobia — medo de andar; 
  • Amnesifobia — medo de perder a memória; 
  • Ancraofobia ou Anemofobia — medo de correntes de ar; 
crédito da imagem: (www.olhares.com/ssalmonete)
  • Anatidaefobia — medo de ser observado por patos; 
  • Anginofobia — medo de engasgar; 
  • Antofobia — medo de flores; 
  • Antropofobia — medo de pessoas ou da sociedade;
  • Apifobia — medo de abelhas; 
  • Aracnefobia ou Aracnofobia — medo de aranhas; 
  • Astrofobia ou astrapofobia — medo de trovões e relâmpagos; 
  • Autofobia — medo de si mesmo ou de ficar sozinho (Monofobia, Isolofobia); 
  • Botanofobia — medo de plantas 
  • Caetofobia — medo de pêlos; 
  • Catagelofobia — medo do ridículo (estar ou ser); 
  • Catisofobia — medo de sentar-se; 
  • Catoptrofobia — medo de espelhos; 
  • Catsaridafobia — medo de baratas; 
  • Cenofobia ou centofobia — medo que caracteriza-se pela aversão e medo mórbido de sentir inquietação de grandes espaços abertos; 
  • Cinofobia — medo de cães; 
  • Corofobia — medo de dançar; 
  • Coitofobia — medo ou aversão à sexo; 
  • Cromofobia ou cromatofobia — medo de cores; 
  • Cronomentrofobia — medo de relógios; 
  • Claustrofobia — medo de espaços confinados ou lugares fechados ou seja, o oposto da agorafobia; 
  • Clinofobia — medo de ir para cama; 
  • Colpofobia — medo de órgãos genitais; 
  • Coprofobia — medo de fezes; 
  • Coulrofobia — medo de palhaços; 
  • Deipnofobia — medo de jantar e conversas do jantar; 
  • Dendrofobia — medo de árvores; 
  • Dextrofobia — medo de objetos do lado direito do corpo; 
  • Disabiliofobia — medo de se vestir na frente de alguém; 
  • Eisoptrofobia — medo de espelhos ou de se ver no espelho; 
  • Eleuterofobia — medo da liberdade; 
  • Emetofobia — medo de vomitar; 
  • Enosiofobia ou enissofobia — medo de ter cometido um pecado ou crítica imperdoável; 
  • Entomofobia — medo de insetos; 
  • Equinofobia — medo de cavalos; 
  • Eremofobia — medo de ficar só; 
  • Escopofobia ou escoptofobia — medo de estar sendo olhado; 
  • Espectrofobia — medo de fantasmas ou espectros; 
  • Estenofobia — medo de lugares ou coisas estreitas; 
  • Estruminofobia — medo de morrer defecando; 
  • Fagofobia — medo de engolir ou de comer; 
  • Falacrofobia — medo de tornar-se careca; 
  • Fengofobia — medo da luz do dia ou nascer do sol; 
  • Fobia social — medo de estar sendo avaliado negativamente (socialmente) 
  • Geliofobia — medo de rir; 
  • Gerontofobia — medo de pessoas idosas; 
  • Glossofobia — medo de falar ou tentar falar em publico; 
  • Hexacosioihexecontahexafobia — medo do número 666; 
  • Hidrofobia — medo de água; 
  • Hielofobia ou hialofobia — medo de vidro; 
  • Hobofobia — medo de bêbados ou mendigos; 
  • Hipopotomonstrosesquipedaliofobia — medo de palavras grandes; 
  • Iatrofobia — medo de ir ao médico; 
  • Lactofobia — medo de leite; 
  • Lissofobia — medo de ficar louco; 
  • Locquiofobia — medo de nascimento (criança); 
  • Maniafobia — medo de insanidade; 
  • Melanofobia — medo de cor preta; 
  • Melofobia — medo ou ódio de música; 
  • Mirmecofobia — medo de formigas; 
  • Motefobia — medo de borboleta e mariposa; 
  • Musofobia ou murofobia — medo de ratos;
  • Narigofobia — medo de narizes; 

  • Narigofobia — medo de narizes; 
  • Obesofobia — medo de ganhar peso (pocrescofobia); 
  • Odontofobia — medo de dentista ou cirurgia odontológica; 
  • Oftalmofobia — medo de estar sendo vigiado; 
  • Olfactofobia — medo de cheiros; 
  • Ombrofobia — medo de chuva ou de estar chovendo; 
  • Ometafobia ou omatofobia — medo de olhos; 
  • Oneirofobia — medo de sonhos; 
  • Onomatofobia — medo de ouvir certas palavras ou nomes; 
  • Octofobia — medo do numero 8. 
  • Pedofobia — medo das crianças; 
  • Penterofobia — medo da sogra; 
  • Pirofobia — medo do fogo; 
  • Ripofobia — medo de defecar; 
  • Selenofobia — medo da lua; 
  • Siderofobia — medo de estrelas; 
  • Sinistrofobia — medo de coisas do lado esquerdo, mão esquerda; 
  • Sociofobia — medo da sociedade ou de pessoas em geral; 
  • Somnifobia — medo de dormir; 
  • Tafofobia ou tafefobia — medo de ser enterrado vivo; 
  • Talassofobia — medo do mar; 
  • Teatrofobia — medo de teatro; 
  • Telefonofobia — medo de telefone; 
  • Teofobia — medo de Deus ou de religião; 
  • Teratofobia — medo de crianças ou pessoas deformadas; 
  • Termofobia — medo de calor; 
  • Tetrafobia — medo do número 4; 
  • Triscaidecafobia — medo do número 13; 
  • Unatractifobia — medo de pessoas feias; 
  • Uranusfobia — medo do planeta Urano; 
  • Uranofobia — medo do céu; 
  • Uiofobia — medo dos próprios filhos; medo da prole. 
  • Xantofobia — medo da cor amarela / medo de objetos de cor amarela; 
  • Zoofobia — medo de animais.
  • 16 comentários:

    • Junior Amorim disse...

      Claustrofobia- Com certeza este medo é dentre todos os que tenho, o pior. às vezes me sinto agoniado quando assisto alguma matéria em que o reporter precisa entrar em algum lugar apertado. Antes de ontem eu assisti uma reportagem sobre as pirâmides, e a reporter entrava em um corredorzinho minúsculo. Eu morri no lugar dela =///

      http://etempodepauta.blogspot.com.br/

    • Claudio Elias Do Nascimento disse...

      Minha casa é telha ternite uma vez meu pai ligou do emprego em casa dizendo a minha mae esta vindo temporal minha mae me avisou eu abri a porta da cozinha ainda cochilando escutei um barulho feio parecia avião caindo não estava ventando nem nuvens negras era uma rajada de granizo que encheu o quintal e rua eu era pequeno agora ja tenho 33 anos se o tempo muda eu abro os portão pode ser a hora que for e deixo aberto coloco a chave do carro no bolso e começo cobrir aparelhos eletronicos com varios sacos preto daqueles de por lixo,,uma vez acordei meu pai e mãe uma hora da mãnha ficamos escondido no posto de saude UPA até umas 3 da manha ja aconteceu de eu sair e não chover ai a pirrassa chegava em casa chovia,,,meu outro medo é as pessoas que cai nas igrejas igual dormindo ja derrubaram meu pai uma vez com o tal de movimento cai cai unção descobri que anestesico inalatorio faz isso!!!

    • Rayane Oliveira disse...

      Eu fico agoniada e desesperada quando uso coisas apertadas, ao ponto de chorar de desespero.
      Tipo, roupa apertada ou engessar alguma parte do corpo.
      Queria saber que tipo de foba é isso ou se é uma fobia.

    Postar um comentário

     

    ©Copyright 2011 Só Curiosidades | TNB